O que é uma Fossa Séptica?

limpeza-de-fossa-equipeFossa séptica é uma importante estrutura básica empregada no tratamento primário de esgoto. É uma forma mais simples e barata de realizar, preliminarmente, algum tratamento adequado para os efluentes domésticos.

Seu trabalho consiste em separar e dispor os dejetos e efluentes das residências. Dessa forma, ao captar e realizar processos para atenuar os impactos ambientais desse efluente, a fossa séptica tem a premissa de, em grau limitado, purificar essa água, para finalmente direcioná-la para o corpo hídrico mais próximo.

Essa estrutura é de vital importância para evitar destinações ou disposições incorretas e ambientalmente inadequadas desses rejeitos, como lançar esse esgoto in natura nos rios ou lagos, ou ainda, queimar ou enterrar esses dejetos.Receba orçamentos grátis sem compromisso!

Sua importância vai além de um “mero” impacto ambiental, pois evita em grande parte a proliferação de doenças que se valem da ausência ou ineficiência do saneamento básico, como Hepatite A, diarreia, leptospirose, dengue ou febre amarela, por exemplo. Ou seja, saneamento básico é saúde e qualidade de vida. Na ausência de uma infraestrutura de tratamento completa, as fossas sépticas atenuam e muito os impactos e danos que poderiam ocorrer

É importante frisar que, para as fossas sépticas, só são destinados os dejetos oriundos do vaso sanitário. Isso se deve pelo fato de que as outras fontes de efluentes contém substâncias químicas que inibiriam a ação dos microrganismos decompositores presentes na fossa, como sabão e detergente.

Como funciona o sistema de Fossa Séptica?

Dessa forma, a fossa séptica trata-se de um tanque de cimento que é enterrado relativamente próximo a residência, onde este recebe os efluentes (dejetos e águas do vaso sanitário), retém a parte sólida (matéria orgânica) e dá início ao processo biológico de purificação e diminuição da DBO da parte líquida (efluente), a partir da ação dos microrganismos citados acima.

Localização do tanque

Algumas coisas devem ser levadas em consideração para a instalação do tanque da fossa séptica. O primeiro ponto é a construção de um tanque, geralmente de concreto ou cimento, que seja altamente resistente com no mínimo 30m de distância da residência. As fossas sépticas não devem ser instaladas muito próximas das residências, por conta do mau cheiro e não muito distante, pois isso exigiria muitos metros de tubulações e encareceria o projeto.
Também é recomendado que seja instalada na direção do banheiro, pois assim evitaria de se colocar curvas nas tubulações, facilitando o escoamento.

Confira nossos preços e serviços de limpa fossa antes de contratar! Receba orçamentos grátis e sem compromisso de limpa fossa em São Paulo! A Limpa Fossa SP oferece equipes profissionais licenciadas, com conhecimento técnico, equipamentos modernos e caminhão limpa fossa auto vácuo capacitado para fazer a retirada dos resíduos e limpar seu tanque séptico. Receba orçamentos grátis sem compromisso!

Ela tem de ter, no mínimo 1000 litros de capacidade de volume, entretanto, é dimensionada de acordo com a quantidade de habitantes da residência, onde a projeção é de que, individualmente, seja consumido 200 litros de água por dia.

Receba orçamentos grátis e sem compromisso de limpa fossa em São Paulo! A Limpa Fossa SP oferece equipes profissionais licenciadas, com conhecimento técnico, equipamentos modernos e caminhão limpa fossa auto vácuo capacitado para fazer a retirada dos resíduos e limpar seu tanque séptico. Receba orçamentos grátis sem compromisso!

É imprescindível que fiquem num nível (cota) mais baixo do terreno, pois a fossa séptica demanda apenas energia gravitacional para funcionar (como todo sistema de esgoto). Também é importante que se localize longe de poços artesianos e de qualquer outra fonte de captação de água. Assim, será prevenido qualquer contaminação proveniente de um possível vazamento da fossa séptica.

Decantação

Após instalado, a fossa séptica começa a funcionar a partir da decantação, que é o primeiro processo da estrutura após o recebimento do material coletado.
A força gravitacional que conduziu o esgoto até a fossa é a mesma que irá separar a parte líquida da parte sólida. Assim, o lodo é formado no fundo do tanque, sendo composto por esse material sólido.

Decomposição dos detritos

Após a separação dos dejetos sólidos do efluente, tem início o processo de decomposição. Por se tratar de um local completamente vedado, a ausência de oxigênio inviabiliza a decomposição aeróbica. Portanto, a decomposição é anaeróbica.

Nesta etapa ocorre o trabalho dos bichinhos que, ao se alimentarem desse lodo, reduzem a demanda biológica de oxigênio (DBO) e, consequentemente, purificam em boa medida (cerca de 40%) o efluente ali depositado, para que finalmente possa ser lançado no meio ambiente com menor prejuízo.
Já a parte sólida (lodo) ali contido, esse não tem jeito: deve ser retirado por um profissional através de um serviço de limpeza de fossa séptica.

Liberação de gases

Em um aterro sanitário maior, com mais infraestrutura e processos, os gases podem ser tratados para que virem energia e combustível para outras serventias do ser humano. Esse, obviamente, não é o caso de uma fossa séptica.

Todo processo de decomposição de efluentes e fermentação gera gases, que sim, são nocivos ao meio ambiente. Mas com a purificação da DBO no sistema, os gases se tornam menos tóxicos, o que também contribui para a diminuição do impacto ambiental de nossos dejetos.
Para a liberação desses gases, há uma válvula de escape no sistema.

Processo de Filtração

Com o passar dos dias e com o uso residencial, naturalmente, a fossa séptica vai enchendo. Todo o líquido ali represado vai passar por um cano na parte superior da fossa para a parte inferior do segundo tanque, começando a enchê-lo e esvaziando assim, o primeiro.

Neste “caminho”, o líquido acaba por passar em um filtro formado por rochas, cascalho e areia, retendo ali parte das partículas da matéria orgânica presentes, purificando o efluente.

Sumidouro

Por fim, terminado o processo de filtração, a parque líquida passa para um outro local que se chama sumidouro. Nessa etapa, esse líquido já tratado pela fossa pode ser reutilizado ou devolvido ao ambiente.

Ou seja, o sumidouro é importantíssimo, uma vez que constitui a fase final do processo, onde o esgoto já tratado pode voltar ao meio ambiente sem causar impactos.
Vale ressaltar que também existem projetos onde há um tratamento mais específico da água do sumidouro para que a torne potável.

As camadas do interior da Fossa Séptica

1-Sólidos mais leves do que a água (como óleos e gorduras) que flutuam para o topo formando uma camada de espuma.

2-Os sólidos mais pesados ​​do que a água se depositam no fundo do tanque. As bactérias quebram os sólidos, que fluem para a parte de baixo do tanque formando uma camada de lamas.

3-E finalmente, uma terceira camada intermédia de águas residuais, parcialmente clarificadas, que podem retornar para a natureza depois completar um processo biológico de purificação.

As camadas de lamas e espuma serão mantidas no tanque, até que o tanque seja bombeado por um caminhão limpa-fossas e transportada para um aterro sanitário.

Atendimento em todos os bairros

Portanto, no caso de você ter duvidas sobre preços e serviços, pode entrar em contato conosco sem compromisso. Respondemos todas as suas perguntas independentemente de você nos contratar para a limpeza

Alguns sinais de alerta que apontam problemas com a fossa séptica e que precisam de atenção imediatamente são: os odores de esgoto, manchas molhadas em torno da fossa, crescimento exuberante da vegetação na área do campo de drenagem, drenos lentos, refluxos e sons borbulhantes no sistema de encanamento.

Para escoamentos de emergência ou desentupimentos, temos equipes preparadas e capacitadas para realizar o serviço de imediato. A Limpa Fossa SP conta com caminhão limpa fossa auto vácuo para esgotamento de fossa séptica, sumidouro, caixas de gordura e lama pastosa em todos os bairros de São Paulo.Veja também outras paginas importantes em nosso site que respondem perguntas como: Quais são os tipos de fossas que existem?, Como funcionam as fossas sépticas? e O que influencia no preço do limpa fossa?.